• imagem

    Riotur divulga impacto econômico do Rock in Rio

    Nesta segunda-feira (16/09), o programa Rio em Foco, que vai ao ar às 22h, debate os desafios da microgeração de energia e mostra algumas iniciativas do Rio e de outros estados. Para debater o assunto, recebemos Paula Martins, do Rio Capital da Energia, e Priscila Ferrreira, da Light.

  • Roberto Medina: “eventos são ativos econômicos”

    O Rock in Rio tem um impacto econômico sobre a cidade de R$ 1,7 bilhão de reais e o Carnaval, R$ 3 bilhões. Cada um desses eventos gera cerca de 20 mil empregos diretos. “São números tão fantásticos e projetos tão grandes que são a prova do que a gente pode fazer”, diz o empresário Roberto Medina, criador do famoso festival de música que promoverá uma nova edição em setembro e que é o entrevistado do programa “Rio em Foco”, que vai ao ar nesta segunda-feira, às 22h, na TV Alerj (Canal 12 da Net).

  • Rota 4b para escoamento de gás natural pode transformar o Rio em HUB de desenvolvimento

    Um gasoduto de mais de 300 quilômetros de extensão ligando a Bacia de Santos ao Porto de Itaguaí, com capacidade de transportar 15 milhões de m³ de gás, coloca o Rio de Janeiro no centro da maior iniciativa desenvolvida a partir do Novo Mercado de Gás, programa do governo federal para estimular o setor. O projeto, batizado de Rota 4b, pretende ainda instalar uma Unidade de Tratamento de Gás no município de Seropédica, na Baixada Fluminense. No Rio em Foco desta segunda-feira (08/11), o diretor-geral da Alerj, o engenheiro Wagner Victer, fala sobre a importância da Rota 4b e as oportunidades que ela pode representar para o estado do Rio.O programa será veiculado hoje, às 22h, na TV Alerj (canal 10.2 UHF Digital e canal 12 NET) e pelo link www.youtube.com/AlerjTV.

  • imagem

    Royalties do pré-sal podem permitir salto de qualidade na Educação

    Para gerar qualidade na educação é essencial o investimento na formação de professores. O Rio em Foco desta segunda-feira (20/05) recebe Claudia Costin, e Paulo Alcântara Gomes para debater os impactos dos royalties do pré-sal para a Educação.

  • Rural cria site para venda de cestas de produtos da agricultura familiar

    As restrições de circulação necessárias ao combate do novo coronavírus colocaram em risco a distribuição de alimentos cultivados pela agricultura familiar, responsável por aproximadamente 35% da produção agrícola nacional, segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Com o objetivo de amenizar as graves consequências do problema, entre elas a subnutrição e o desemprego, a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) formou parcerias com pequenos agricultores e cooperativas para a distribuição de cestas compostas majoritariamente por produtos da agricultura familiar. Os produtos podem ser adquiridos por meio de um site desenvolvido pela UFRRJ, o www.fafrural.com.br. A ideia é manter em funcionamento, durante a crise, uma rede de entregas que parcialmente substitui as tradicionais feiras agroecológicas presenciais por uma alternativa on-line. Para conversar sobre este exemplo e outras soluções implementadas para fortalecer a agricultura fluminense, o Rio em Foco desta segunda-feira (24/08) entrevista a professora Anelise Dias, pesquisadora do Instituto de Agronomia da UFRRJ.

  • imagem

    Saindo do lugar-comum

    Formar o indivíduo requer trabalho, coerência, persistência e frequência. Metas concretas e palpáveis. É um dos únicos atos que não podemos delegar. Educar nossos cidadãos é função dos pais, das escolas, da própria sociedade. Todos juntos, num equilíbrio perfeito. Utopia? Não.

  • Segurança alimentar e empreendedorismo fortalecem comunidades quilombolas e de pescadores

    A pandemia afetou duramente os pequenos negócios e deixou em evidência os mais vulneráveis. Para atuar no enfrentamento às consequências da crise da Covid-19, o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS) criou o projeto Pessoas e Negócios Saudáveis. A iniciativa uniu pequenos empreendedores da área de alimentação e organizações sociais de base comunitária para servir refeições diárias para população necessitada, garantindo a segurança alimentar e a geração de renda em diferentes territórios do Brasil. No Rio em Foco desta segunda-feira (11/04) o presidente do CIEDS, Vandré Brilhante, fala sobre a implementação desse projeto na prática, quais as regiões atendidas e as expectativas desse trabalho nos próximos meses.

  • Senar Rio oferece curso de capacitação de turismo rural para produtores no estado

    A vocação para o turismo rural passou a ser uma opção ainda mais estratégica, já que os protocolos sanitários, por conta da pandemia da covid-19, aumentaram a busca por lazer em ambientes abertos. Pensando em dinamizar as perspectivas desse setor no estado do Rio, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Rio de Janeiro (SENAR Rio) está oferecendo um curso de qualificação em turismo rural, tema do Rio em Foco desta segunda-feira (14/02) que recebe o instrutor educacional do Senar Rio, Mozart Neto, para falar sobre essa oportunidade de capacitação voltada para os donos de propriedades rurais.

  • imagem

    Setor automotivo impulsiona economia do Estado

    A formação de uma cadeia produtiva e as oportunidades do setor automotivo no Estado são o tema do Rio em Foco desta segunda, que recebe o Secretário Estadual de Desenvolvimento, Julio Bueno e o presidente do Metalsul, Henrique Carneiro.

  • imagem

    Setor químico-farmacêutico apresenta agenda de ações

    O programa Rio em Foco que vai ao ar nesta segunda (19/04) mostra os desafios que o estado, pesquisadores e produtores tem que enfrentar para dinamizar o crescimento do setor. Participam do debate Lia Hasenclever, do Instituto de Economia da UFRJ; Antônio Werneck de Castro, do Instituto Vital Brasil, e Roberta Maia, do Investe Rio.

  • Setrab articula programa focado na empregabilidade de idosos

    A Organização das Nações Unidas (ONU) considera que os anos 20 do século XXI serão a década do envelhecimento saudável. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem aproximadamente 30 milhões de idosos. Só no Rio de Janeiro, estado com maior percentual nacional de idosos integrantes da população, são 1,5 milhão de pessoas nessa faixa etária. O Rio em Foco desta segunda-feira (29/03) conversa com o coordenador de projetos especiais da Secretaria estadual  de Trabalho e Renda (Setrab), Nélio Giorgini e o gerente institucional do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, Antonio Leitão, sobre o aproveitamento de sexagenários no mercado de trabalho, política de recursos humanos cada vez mais importante para garantir um envelhecimento saudável e ativo.    

  • imagem

    Solução Educacional para o ensino médio. A educação para o século XXI

    Novas políticas educacionais estão sendo implantadas nas redes estaduais de ensino do Rio. O objetivo é integrar o currículo já existente, que abrange as disciplinas obrigatórias, mas extraindo dos alunos suas capacidades intelectuais com as socioemocionais.

  • imagem

    Soluções alternativas de conflitos podem melhorar economia e destravar Judiciário

    O estado do Rio de está atraindo e apoiando soluções de conflitos por vias alternativas ao poder Judiciário. A OAB do Rio foi a primeira a ter uma câmara especializada em arbitragem. O Tribunal de Justiça do estado do Rio travou o compromisso de incentivar esse tipo de conciliação.

  • imagem

    Startup Rio vai transformar ideias inovadoras em empresas jovens

    O programa Startup Rio, iniciativa público-privada, é um investimento inédito do governo em conhecimento e tecnologia. Funcionando como um Vale do Silício adaptado à realidade e potenciais brasileiros, o Startup Rio está instalado em um espaço de 100 m² no Catete, bairro da zona sul carioca.

  • imagem

    Tema do Rio em Foco desta segunda será o desenvolvimento sustentável

    Os desafios para se alcançar o desenvolvimento sustentável são o tema do Rio em Foco desta segunda-feira (28/03). Na pauta, o Visão 2050, projeto desenvolvido pelo Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD, sigla em inglês), cuja tradução foi lançada este ano pelo CEBDS .

  • imagem

    Turismo alavanca crescimento de cervejarias especiais no estado do Rio

    Aliar vistas maravilhosas, estadia prazerosa, sabores locais e qualidade é a "receita" que o setor de cervejas especiais vem buscando para ampliar sua produção no estado. É sobre a expansão deste setor que o Rio em Foco vai tratar na próxima segunda-feira, 23/03, às 22h, na TV Alerj.

  • Turismo religioso: alternativa para o interior do Rio de Janeiro

    O turismo religioso caminha para se tornar uma nova alternativa para os visitantes do Rio de Janeiro. Este ano foi lançado o projeto “Caminhos para Cristo”, que liga o Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo ao Cristo Redentor. Fiéis e turistas do mundo todo terão a oportunidade de percorrer mais de 500 quilômetros de estradas, cruzando 21 municípios para conhecer a história de igrejas, capelas e santuários. O passeio inclui a visita em museus, mirantes, cachoeiras, além da celebração de missas. O percurso pode ser feito em até um ano e quem participar vai receber um certificado comprovando que percorreu todo o itinerário, como acontece com os peregrinos que completam o famoso caminho de Santiago de Compostela, entre França e Espanha. O Rio em Foco que vai ao nesta segunda-feira (14/10) às 22h na TV Alerj (Canal 12 da Net/Claro) conversa com o assessor especial da Secretaria estadual de Turismo, Sandro Capadócia, para entender como essa rota de peregrinação está sendo organizada e o que isso pode gerar de impacto na economia dos municípios.

  • UENF cataloga a produção de mais de 270 tipos diferentes de feijão no estado do Rio

    O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística avalia que o feijão está entre os alimentos preferidos do brasileiro e é consumido regularmente por 60% da população. Esse é um cenário que já está presente no imaginário da população, a novidade é perceber que o Rio de Janeiro é um dos protagonistas desta história: a Universidade Estadual Norte Fluminense (UENF) realizou uma pesquisa que catalogou que em solo fluminense são plantados 270 tipos diferentes de feijão-comum. O grão é um verdadeiro guardião da agrobiodiversidade do estado. As pesquisadoras Rosana Rodrigues e Thâmara Figueiredo falam ao Rio em Foco desta segunda-feira (30/11) sobre a publicação que traz informações importantes sobre a imensa biodiversidade das sementes de feijão e a rede de agricultores envolvidas no processo.

  • imagem

    Uezo apresenta planos para campus próprio

    O Centro Universitário da Zona Oeste (Uezo) foi criado para atender a demanda do crescente polo industrial da região. O Rio em Foco desta segunda (06/05) conversa com o reitor Alex Sirqueira e o empresário Peri Cozer sobre os projetos da universidade e a construção do campus próprio.

  • Um museu para todos

    Em parceria com o Arquivo Nacional, a UERJ lançou o projeto e-Museu Nacional do Esporte. Trata-se de uma plataforma on-line que reúne um conjunto de acervos e informações disponíveis relacionadas às histórias do esporte no Brasil. No Rio em Foco que vai ao nesta segunda-feira (12/08) na TV Alerj (Canal 12 da Net), os idealizadores do e-museu, os professores Lamartine da Costa e  Bianca Gama Pena, falam sobre a importância de manter viva e preservada a memória esportiva nacional e contam como foi a construção de um inovador museu participativo, onde atletas, fãs e confederações esportivas poderão compartilhar diferentes conteúdos.

  • Uma mudança contínua

    No dia 3 de julho de 1968 foi instituída a primeira lei de cotas no Brasil. A Lei nº 5.465/68, mais conhecida como Lei do Boi, assegurava 50% das vagas nos estabelecimentos de ensino médio agrícola e nas faculdades de agronomia e veterinária mantidas pela União para “atender às demandas de formação específica” de alguns segmentos sociais. Em outras palavras, quem efetivamente foi beneficiado por aquela Lei foram os filhos dos donos de fazendas. A Lei do Boi só foi revogada em 1985, portanto, 17 anos após a sua criação. “Mas não se fala sobre isso. Dizem que é errado criar cotas raciais porque não tem racismo no Brasil. Bem, esse argumento não é válido. As cotas de mulheres nos partidos políticos também são anteriores às cotas raciais e não causam os mesmos conflitos”, afirma a professora Vânia Penha-Lopes, Ph.D e titular de Sociologia do Bloomfield College, em Nova Jérsei, nos Estados Unidos. Codiretora do Seminário do Brasil na Universidade de Columbia e autora de “Pioneiros: Cotistas na Universidade Brasileira”, ela concedeu uma entrevista sobre as afinidades e diferenças no que diz respeito à abordagem da questão racial no Brasil e nos Estados Unidos ao programa Rio em Foco, da TV Alerj, que vai ao ar nesta segunda-feira, às 22h, na TV Alerj (Canal 12 da Net).

  • Unir produção e turismo pode ampliar experiências no Vale do Café

    Conhecida por ter sido a maior produtora mundial de café no século XIX, a região sul do estado do Rio começa a retomada da plantação do grão focada na produção artesanal, em pequena escala e de alta qualidade. O Vale do Café fluminense oferece a oportunidade de experimentar a alta gastronomia em torno da bebida, conectada a um roteiro turístico que descortina as belezas das fazendas dos antigos barões e de um pedaço preservado de Mata Atlântica. Para celebrar a retomada do protagonismo da produção cafeeira no estado, o Rio em Foco desta segunda-feira (09/11) conversa com o chefe da Divisão de Política, Produção e Desenvolvimento Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Celso Merola, e com a diretora executiva do Convention & Visitors Bureau do Vale do Café, Luciana Delamare.

  • Vantagens tributárias e cluster automotivo tornam o Rio atrativo para produção de veículos elétricos

    A indústria automobilística tem uma participação importante na transição de carbono com os veículos elétricos, uma alternativa sustentável que contribui para a redução da emissão de gases do efeito estufa. No Brasil, o estado pioneiro na produção desse veículo é o Rio de Janeiro que conta com a primeira linha de caminhões elétricos produzidos no país. Em 2021, a fábrica da Volkswagen, instalada no município de Resende, região Sul fluminense, entregou 200 unidades do e-Delivery, modelo de caminhão feito para uso urbano, levando carga de centros de distribuição para entregas locais. No Rio em Foco dessa segunda-feira (20/06) o diretor de Relações Institucionais e Sustentabilidade da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Marco Saltini, fala sobre essa iniciativa e as oportunidades que esse mercado representa.

  • Veste Rio se torna 100% online e oferece mentoria para pequenas empresas

    Realizado há quatro anos sob o comando das revistas Ela e Vogue, o Veste Rio tornou sua nona edição totalmente on-line e oferecerá painéis voltados ao empreendedorismo, com foco em mentorias para ajudar micro e pequenas empresas do setor a reposicionarem suas marcas no mercado, diante das restrições de movimentação causadas pela pandemia do novo coronavírus. O Rio em Foco desta segunda (10/08) entrevista Paula Merlo, diretora de conteúdo da Vogue Brasil, para contar sobre a conversão de um dos principais eventos de moda do país em uma plataforma 100% digital, que ficará disponível de julho a outubro.