• Baía de Guanabara ganha projeto de desenvolvimento sustentável em 2021

    O Oásis Lab Baía de Guanabara é um ambiente de inovação, coordenado pela Fundação Grupo Boticário, em busca de soluções para conservação e recuperação ambiental, social e econômica da Baía de Guanabara. O grupo começou, em 2019, reunindo diversos atores que atuavam ou tinham impacto na segurança hídrica e na resiliência costeiro-marinha da baía. Em janeiro de 2021 dois projetos que agregam soluções baseadas na natureza começarão a ser executados. Thiago Valente, biólogo e analista de soluções baseadas na natureza da Fundação Grupo Boticário, conta ao Rio em Foco desta segunda-feira (7/12) como a iniciativa, que já capacitou 50 agentes e fomentou parcerias com 60 instituições vai seguir atuando para proteger a biodiversidade, melhorar a qualidade da água e aperfeiçoar a produtividade de atividades econômicas que dependem dos recursos hídricos daquela bacia hidrográfica.

  • imagem

    Especialistas debatem a inclusão do empreendedorismo como disciplina

    O Rio em Foco Especial dessa semana exibirá os melhores momentos do debate Educação e Empreendedorismo, que compõe o projeto "Cadernos do Fórum". No programa que vai ao ar nesta segunda-feira (21/06), às 22h, na TV Alerj. Tivemos a presença de representantes do Sebrae/RJ, do Senai-RJ e da Redetec. Clique aqui e saiba como assistir ao especial.

  • imagem

    Nova Classe Média é tema do Rio em Foco desta segunda

    O Rio em Foco desta segunda (30/04) entrevista Marcelo Neri, economista da FGV, sobre a nova classe média brasileira.O entrevistado, autor do livro recém-lançado "A Nova Classe Média-o lado brilhante da base da priâmide", explicou quem é esta classe média que se formou ao longo da última década.

  • imagem

    Programa debate formas de tornar agricultura fluminense sustentável

    Pequenos e médios produtores são responsáveis por 70% da produção de alimentos no Brasil, mas a falta de informação é o que trava o desenvolvimento do setor. Com foco nisso, o Cebds lançou a cartilha Financiamento para Pequenos e Médios Produtores Rurais.

  • imagem

    Programa Rio em Foco discute fomento à construção civil

    O crescimento das empresas de construção civil por conta de eventos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, bem como a inserção social através de moradias e programas como o Minha Casa, Minha Vida foram debatidos no programa Rio em Foco.

  • imagem

    Rio em Foco aborda ações para melhorar logística no estado

    Na logística esta é uma relação direta sobre a qual especialistas se debruçam para reduzir. No estado do Rio de Janeiro, está em curso o Plano Estratégico de Logística de Cargas, que irá prever ações de curto, médio e longo prazos para reduzir os custos logísticos e o impacto no cotidiano das cidades.

  • imagem

    Rio em Foco apresenta as oportunidades para pequenos e microempresários nas Olimpíadas

    Em 2016 a cidade do Rio vai receber as Olimpíadas e as Paraolimpíadas. Em agosto, serão 41 campeonatos mundiais, com diferentes modalidades, concentrados em 17 dias. Em setembro, nas Paraolimpíadas serão realizados 32 campeonatos em 12 dias.

  • imagem
  • “O Complexo industrial da Saúde precisa ser fortalecido no Rio de Janeiro”, apontam especialistas

    A pandemia do novo coronavírus acirrou a disputa mundial por insumos e demonstrou a dependência tecnológica e produtiva do Brasil na área da Saúde. Estudos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) revelam que atualmente o país importa 94% da química fina necessária à produção de remédios. Para contornar parte do problema, a Fiocruz instalará um centro de produção de biofármacos no Rio de Janeiro que deve aumentar em 300% a capacidade produtiva da instituição. O Rio em Foco desta segunda-feira (14/12) conversa com o economista Carlos Gadelha, coordenador de Ações de Prospecção da Fiocruz, e com o presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Farmacêuticos do Estado do Rio (Sinfar), Carlos Fernando Gross, para saber como o fortalecimento do complexo industrial e tecnológico do setor pode auxiliar na retomada do crescimento econômico fluminense.

  • “Pandemia forçou audiovisual a se desenvolver dez anos em um”, afirma Sicav

    Líder nacional no desenvolvimento das potencialidades da Economia Criativa, o estado do Rio deveria mirar na indústria do audiovisual, responsável por movimentar R$ 26,7 bilhões anuais até 2018, segundo dados do governo federal, como uma das alternativas capazes de gerar mais emprego e renda em território fluminense. O Rio em Focodesta segunda-feira (05/04)conversa com Leonardo Edde, presidente do Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual (Sicav).

  • imagem

    A cachaça fluminense, reconhecida internacionalmente, já foi tema do Rio em Foco

    Cachaça fluminense ganha destaque internacional. Produtores incentivados pelo Prosperar, da Secretaria de Agricultura do Rio de Janeiro, receberam quatro medalhas de ouro e três de prata. Em 2014, Florianópolis vai sediar o concurso Mundial de Bruxelas.

  • A indústria de defesa pode salvar o Rio

    Até poucos anos atrás, se um país quisesse destruir as bases econômicas de um inimigo necessariamente precisaria destruir fisicamente suas instalações.  “Nos dias de hoje precisamos apenas ter um bom conhecimento sobre ciber-ataques ou ciber-defesas: ciber-segurança de um modo geral. E um dos objetivos fundamentais da indústria de defesa mundial é se preparar para fazer frente a este tipo de conflito”, afirma o professor Antonio Fonfría, professor-doutor da Universidade Complutense de Madri (UCM).  Ele foi um dos entrevistados, ao lado do presidente da Emgepron, almirante Edesio Teixeira Lima Júnior, e do gerente de grandes empreendimentos do Sebrae Rio, Renato Regazzi, para o programa “Rio em Foco”, da TV Alerj, sobre a Indústria da Defesa,  que vai ao ar nesta segunda-feira, às 22h, na TV Alerj (Canal 12 da Net).

  • imagem

    A universidade é a agência do desenvolvimento

    Estudo da Firjan prevê investimentos de R$ 235,6 milhões para os próximos dois anos. Comparados ao triênio 2010/2012, o crescimento previsto é de 86,5%. E qual o papel das universidades neste contexto de crescimento? Quais os desafios que elas enfrentam?

  • Adoção de programas de Compliance pelos setores público e privado é tema do Rio em Foco

    Desafio comum aos setores público e o privado, o Compliance consiste em estabelecer regras e medidas que estejam em conformidade com a ética e transparência, com as políticas da empresa e, principalmente, com a lei. 

  • imagem

    Agricultura familiar pode revolucionar a vida no campo

    O Rio em Foco visitou a agrovila de Santo Antonio de Pádua, no Noroeste fluminense, onde foi implantada a unidade experimental do Pais - Produção Agroecológica Integrada e Sustentável, e conversou no estúdio com especialistas no tema agricultura familiar. Saiba como assistir o programa pela TV e pela Internet!

  • imagem

    Alimentação saudável começa com boa relação entre escolas e produtores rurais

    Qual a qualidade da alimentação dos alunos das escolas no Rio de Janeiro? O programa Rio em Foco lança a questão e debate os avanços a partir da Lei 11.947/2009, que obriga as escolas públicas a adquirir 30% das verduras e legumes da alimentação escolar junto aos produtores rurais familiares.

  • imagem

    Analistas trabalham para mudar imagem do Rio no exterior

    O Rio em Foco desta segunda, (24/9) discute a importância da transformação da imagem do Rio de Janeiro para o mundo e os principais desafios dos profissionais do turismo para destacar, por exemplo, as questões culturais da cidade.

  • imagem

    Apagão da mão de obra no estado do Rio é tema do programa Rio em Foco

    Com oito milhões de desempregados no país, a falta de mão de obra especializada representa uma contradição. Para debater essa questão e apontar soluções o programa Rio em Foco que vai ao ar nesta segunda (13/12), às 22h, na TV Alerj (canal 12 da NET), convidou o presidente da Assespro, Ilan Goldman e a coordenadora de Relações Institucionais da Seconci-Rio, Ana Claudia Gomes.

  • imagem

    Apesar de promulgada em 2011, lei que cria a Carta de Serviços ao Cidadão ainda precisa ser colocada em prática

    O excesso de burocracia e a falta de transparência geram perdas que afetam o desenvolvimento do País. No Rio em Foco que vai ao ar dia 10/03, às 22h, na TV Alerj, o presidente da Junta Comercial do Rio de Janeiro (Jucerja), Carlos de La Rocque, fala sobre a busca pela desburocratização.

  • Após crise, setor da construção civil aposta em inovação para crescer

    “As startups estão trazendo um oxigênio novo para o mercado”, afirmou o diretor de transformação digital da Cyrela, Guilherme Sawaya, em entrevista ao Rio em Foco que vai ao ar nesta segunda-feira (02/12), às 22h, na TV Alerj (Canal 12 NET). No programa, ele conta como as startups estão auxiliando empresas do setor de construção civil a saírem da crise por meio de inovações tecnológicas.

  • Apresenta-Rio propõe retomada gradual e medidas de proteção ao setor de entretenimento

    A Associação dos Promotores de Eventos do Estado do Rio de Janeiro (Apresenta-Rio) calcula que, somente no estado, 450 mil trabalhadores do setor de entretenimento perderam o emprego desde o início da pandemia do novo coronavírus. Um dos segmentos mais afetados pelo isolamento social, a indústria do entretenimento é responsável por 5% do Produto Interno Bruto Fluminense e possui ligações com diversos ramos da cadeia produtiva. De volta aos estúdios da TV Alerj, o Rio em Foco desta segunda-feira (20/07) entrevista o presidente da Apresenta Rio, Pedro Guimarães para falar sobre as ações e sugestões de retomada dessas atividades, com segurança, que estão sendo enviadas aos governos estadual, municipais e federal.

  • Atualização da Lei de Inovação pode melhorar competitividade do estado do Rio

    Desburocratização, integração entre universidades e empresas e compras públicas direcionadas. Esses são alguns fatores que impactam positivamente no ranking de competitividade e de inovação de um país. No Rio em Foco dessa segunda (16/10) o diretor da Associação Nacional de Pesquisas e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI), Raimar Van Den Bylaardt, e o diretor executivo do Parque Tecnológico da Universidade Federal do estado (UFRJ), José Carlos Pinto, falam sobre o papel do Marco Legal de Inovação, sancionado em Brasília em 2016, e os desafios do Rio de Janeiro em atualizar a lei estadual que trata desse tema.

  • imagem

    Auto estima do carioca impulsiona negócios

    Na próxima segunda-feira (15/03), às 22h, na TV Alerj (canal 12 da Net), o Rio em Foco, programa de TV do Fórum de Desenvolvimento do Rio, mostrará de que forma a elevada auto-estima dos cariocas está impactando positivamente na economia do estado e quais são os desafios da cidade no momento em que todas as atenções estão voltadas para ela.

  • Baía de Guanabara terá programa de aceleração de negócios de impacto socioambiental positivo

    A Fundação Grupo Boticário, em parceria com o Sebrae-RJ, lançou um edital para aceleração de negócios de impacto socioambiental positivo localizados na Baía de Guanabara. A iniciativa, que está com inscrições abertas até o dia 29 de agosto, faz parte de uma política de apoio de empreendimentos de impacto desenvolvidos em volta da Baía de Guanabara, que recentemente contou com a realização de um estudo que mapeou o ecossistema de negócios sustentáveis no local. O Rio em Foco desta segunda-feira (23/08) recebe o biólogo e analista de soluções baseadas na natureza da Fundação Grupo Boticário, Thiago Valente, que analisa as perspectivas dos negócios sociais da Baía de Guanabara.

  • imagem

    Biodiesel de óleo de cozinha pode ser o combustível oficial da Copa

    O Rio em foco dessa segunda-feira (18/03) apresenta o projeto Bioplanet que recicla óleo de cozinha usado e transforma em biodiesel. O objetivo do projeto é implantar 40 Arranjos Produtivos Locais nas cidades sede e centros de treinamento da Copa de 2014.

  • imagem

    Bolsa Verde facilita a adequação de produtores rurais ao Código Florestal

    No intuito de desenvolver ferramentas para a execução de políticas ambientais foi criada a BVRio, uma bolsa de valores ambientais de abrangência nacional, a partir da visão de que mecanismos de mercado são eficientes na execução de políticas públicas ambientais e de desenvolvimento sustentável.

  • imagem

    Brasil precisa incentivar biológicos e biossimilares

    Com baixa representatividade no total de patentes mundiais, o Brasil discute a legislação e se prepara para a construção da primeira fábrica de medicamentos biológicos e biossimilares do País. O Rio em Foco recebe os pesquisadores do Ipea Graziela Zucoloto e Eduardo Fiuza.

  • Brasil recicla 3 em cada 100 toneladas de lixo eletrônico gerado

    Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) mostram que o lixo eletrônico é o rejeito que mais cresce globalmente. Só em 2020 foram produzidas 53 milhões de toneladas deste tipo de lixo no mundo, mas 80% não foi reciclada. O Rio em Foco desta segunda-feira (27/09) recebe Cláudio Fernandes, coordenador da Reciclotron, uma startup dedicada à reciclagem de lixo eletrônico. O descarte inadequado desse material, além de representar um persistente risco de contaminação para o ambiente, também é um flagrante de desperdício de recursos.

  • Brasil tem até agosto de 2020 para se adaptar a nova realidade

    Aplicativos para transporte, comida, estadia, compras. E no coração de cada um deles, os dados pessoais dos consumidores. Cada operação que fazemos na internet pode nos tornar vulneráveis a hackers, ou à exposição indevida de nossas informações. Esse fenômeno mundial vem fazendo com que vários países comecem a legislar sobre a proteção de dados. No Brasil, a Lei Federal 13.709, de agosto de 2018, conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) dispõe sobre os direitos de liberdade, privacidade e expressão e obriga governos e empresas a se adaptarem a essa nova realidade. O prazo para que isso ocorra é agosto de 2020. No programa Rio em Foco, que vai ao ar nesta segunda-feira na TV Alerj (Canal 12 da Net) o advogado Gilberto Martins, fundador do Instituto de Direito e Tecnologia e consultor das Nações Unidas sobre leis para a internet conversa sobre os desafios e oportunidades que a lei poderá trazer para o Rio de Janeiro.

  • Brasileiro gasta mais do que ganha e não sabe reconhecer um bom investimento, diz estudo

    Sete em cada dez brasileiros gastam mais do que ganha ou encerra o mês lutando para fechar as contas. Este retrato da saúde financeira da população foi revelado em recente estudo realizado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em cooperação técnica com o Banco Central do Brasil. O Rio em Foco desta segunda-feira (13/09) recebe o diretor de Sustentabilidade e Cidadania Financeira da Febraban, Amaury Oliva e o Superintendente de Proteção e Orientação aos Investidores da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), José Alexandre Vasco, que traçam o atual panorama atual da saúde financeira da população e as perspectivas de melhora dela.

  • imagem

    Cafeicultura do Rio investe em qualidade para ganhar mercado

    O Brasil é o maior produtor de café do mundo, com produção de 49 milhões de sacas em 2013. E o Rio de Janeiro, apesar de ser o segundo estado que mais consome café no país, é o décimo produtor. O Rio em Foco que vai ao ar nesta segunda-feira, 6/10, às 22h, na TV Alerj.

  • imagem

    Carnaval de renda e emprego

    Nunca é tarde para falar do potencial econômico do Carnaval. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, cerca de 250 mil pessoas são beneficiadas pelas oportunidades abertas neste período.

  • Cluster naval se consolida e planeja ampliar participação da academia e governo

    Em razão do posicionamento estratégico da chamada economia do mar, que representa quase 20% do PIB brasileiro, o conglomerado de empresas que fundou o Cluster Tecnológico Naval do Estado do Rio de Janeiro deve, em 2020, ampliar seu número de participantes com o objetivo de incorporar, no seu conselho consultivo, representantes de universidades focadas no desenvolvimento de pesquisas e tecnologias inovadoras voltadas para o setor. A iniciativa é tema do Rio em Foco que vai ao ar nesta segunda-feira (16/3), às 22h, na TV Alerj (Canal 12 NET).

  • imagem
  • imagem

    Compensação ambiental será tema do programa Rio em Foco, na TV Alerj

    O programa Rio em Foco desta segunda-feira (21/02) terá como tema a compensação ambiental. O assunto será abordado pela presidente do Instituto Estadual do Ambiente, Marilene Ramos, pelo diretor da empresa de engenharia florestal Biovert, Marcelo Carvalho, e Beto Mesquita, presidente da Assoc. de Engenheiros Florestais do Rio .

  • imagem

    Competitividade depende de qualificação profissional

    A nova dinâmica da economia fluminense exige que as empresas sejam mais competitivas. Para acompanhar esse ritmo, muitas empresas estão investindo em cursos qualificação profissional e os cursos customizados do Senai são os mais procurados.

  • imagem

    Conferência Rio+20 foi tema de debate do Rio em Foco

    A discussão do próximo programa Rio em Foco que será exibido nesta segunda-feira (12/03), será sobre desenvolvimento sustentável, economia verde e erradicação da pobreza. Às 22h na TV Alerj (canal 12 da NET). Não perca!

  • Congresso mundial de arquitetos quer que participantes do mundo inteiro se sintam no Rio de Janeiro

    Depois de vencer a concorrência com cidades globais como Paris (França) e Melbourne (Austrália) e sofrer com um adiamento forçado devido à crise sanitária, o Rio de Janeiro vai receber em julho deste ano os principais nomes da arquitetura e do urbanismo de mais de 160 países no Congresso Mundial de Arquitetura. O Rio em Foco desta segunda-feira (10/05) recebe o presidente do Instituto de Arquitetura do Brasil (IAB), Igor de Vetyemy.

  • Consumidor tem papel importante para impulsionar a Economia Circular

    Desenvolver produtos com design mais eficiente e durável, ou modular, quando é possível trocar ou fazer a manutenção de partes desse produto sem precisar comprar um novo. Esses são alguns conceitos que, ao serem absorvidos pelas empresas, podem ajudar o estado do Rio a entrar na rota da economia circular.

  • Consumo consciente

    Nos últimos 40 anos a sorveteria americana Ben & Jerry´s fez muito mais do que apenas copinhos, bolos e picolés. Ela defendeu direitos LGBT, o casamento gay e o movimento negro Black Lives Matter, além de lutar contra a possível destruição de uma barreira de recifes na Austrália e se envolver nas discussões sobre a rotulagem de alimentos geneticamente modificados. "Com o surgimento dos millennials e a ascensão dos canais digitais e das mídias sociais, tomar uma posição tornou-se algo ainda mais importante. É o que trará lealdade à sua marca", defendeu certa vez Chris Miller, gerente de missão social e ativismo da sorveteria Ben & Jerry's. A próxima edição do programa Rio em Foco, que vai ao ar nesta segunda-feira, às 22h, na TV Alerj (Canal 12 da Net) comenta o caso da Ben & Jerry's e de outras empresas que estão se alinhando ao movimento global Sistema B: uma iniciativa que apoia e certifica negócios que podem ajudar a solucionar problemas sociais e ambientais.

  • Consumo consciente e políticas agrícolas podem diminuir desperdício de alimentos no estado

    Será que tudo o que se joga fora é realmente lixo? Aquela fruta feia ou amassada não poderia alimentar outra pessoa? O Rio em Foco desta segunda-feira (13/11) propõe um debate sobre como evitar que 1,3 bilhão* de toneladas de alimentos produzidos para o consumo humano sejam desperdiçados anualmente em todo o mundo. O programa vai ao ar às 22h, no Canal 12 da NET.

  • Cooperativismo de Plataforma é alternativa à 'uberização' dos serviços

    De acordo com o IBGE, atualmente cerca de 3,8 milhões de brasileiros trabalham por meio de aplicativos. Já chamados por alguns de “tech workers”, esses trabalhadores são a imagem mais explícita de um novo desafio: redefinir o futuro das relações de trabalho e de consumo na medida em que o mundo vai se tornando cada vez mais digital. Nesse contexto, surge o Cooperativismo de Plataforma, que tem como objetivo transformar funcionários e usuários dessas empresas virtuais em donos do seu próprio negócio. O Rio em Foco que vai ao ar nesta segunda-feira (26/08), às 22h, na TV Alerj (Canal 12 da Net) recebe o superintendente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Rio, (Sistema OCB/Sescoop RJ), Abdul Nasser, e a CEO da Ions Innovation e Hacking.Rio, Lindalia Sofia Junqueira, para uma conversa sobre este cenário e a realização do primeiro hackathon no mundo que terá o Cooperativismo de Plataforma como um de seus temas.

  • imagem

    Crescimento do fluxo de passageiros exige investimentos da indústria hoteleira

    A previsão de crescimento do fluxo de passageiros no Rio de Janeiro é de mais de 30% para os próximos três anos. O aumento da demanda de visitantes obrigou o setor hoteleiro a ampliar os investimentos, num montante de R$ 1,5 bilhão até 2014.

  • imagem

    Desburocratizar, valorizar e capacitar são os desafios da indústria audiovisual no Rio

    O Rio de Janeiro já é a capital do cinema no Brasil. A revolução tecnológica que digitalizou e barateou a maioria dos equipamentos de cinema e TV possibilitou o surgimento de novas empresas produtoras, novas oportunidades e opções de trabalho.

  • imagem

    É preciso investir na capacitação para diversificar a produção audiovisual

    A capacitação de profissionais é fundamental para o desenvolvimento do audiovisual brasileiro. O Rio em Foco desta semana recebe Manoel Rangel, presidente da Ancine que conversa ainda sobre estratégias para levar a cultura da produção audiovisual para o interior do estado.

  • Economia Criativa pode ser uma alavanca para superar a recessão em meio a pandemia

    Dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) mostram que o Rio de Janeiro é o estado com a maior participação da Economia Criativa em seu Produto Interno Bruto: são mais de 25 mil empreendimentos, que geram riqueza em território fluminense. O Rio em Foco desta segunda-feira (22/03) mostra como o setor que mais depende da imaginação se reinventou durante a pandemia ouvindo a ex-chefe do programa de economia criativa da Organização das Nações Unidas (ONU), Edna Duisenberg, e a gerente de ambiente de inovação da Firjan, Júlia Zardo.

  • Economia fluminense já dá sinais de recuperação, avalia economista da Firjan

    De acordo com a Federação das Indústrias do Estado Rio de Janeiro (Firjan), o segmento acelerou o ritmo de contratações no mês de julho. Estes números serão disponibilizados para toda a sociedade, em um momento em que o fim do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do governo federal, substituído pelo eSocial, deixou muita gente sem saber como encontrar estatísticas atualizadas sobre o tema. Atenta a esta demanda da sociedade, a Firjan antecipou o lançamento da versão digital do anuário "Retratos Regionais", que condensa dados sobre o tema no estado do Rio de Janeiro. O Rio em Foco desta segunda (14/09) vai conversar com o gerente de estudos econômicos da Firjan, Jonathas Goulart, que explica as possibilidades de uso da nova plataforma e projeta a retomada da economia fluminense.

  • Edição Green Rio de 2020 será realizada em outubro, totalmente digital

    O segmento de orgânicos movimentou R$ 4,5 bilhões no Brasil no ano passado, segundo a Organis – entidade representante do setor. A forte demanda internacional pela produção sem pesticidas, principalmente de alimentos e cosméticos, evidencia o potencial que a produção de orgânicos tem de se tornar uma das alavancas para superar a recessão econômica.  Por sua posição estratégica no fomento à cadeia produtiva de orgânicos fluminense, o Green Rio se prepara para ser, mais uma vez, uma importante praça de negócios e divulgação das práticas orgânicas em 2020, agora totalmente on-line. O Rio em Foco desta segunda-feira (31/08) recebe a coordenadora do Green Rio, Maria Beatriz Martins Costa que vai mostrar as oportunidades que o estado do Rio tem de ser protagonista no setor de bioeconomia. 

  • imagem

    Educação e esporte caminham juntos para um importante legado social

    O Rio em Foco, que foi ao ar nessa última segunda-feira (19/10) no canal 12 da Net, pela TV Alerj, discutiu a importância da disciplina de educação física nas escolas para o surgimento de novos atletas, do esporte de base e para a inclusão social.

  • Empresários fluminenses se reúnem para estimular a compra local

    Comprar produtos fabricados no estado do Rio para dinamizar e fortalecer a economia local. É este o objetivo do Movimento Sou do Rio, que reúne diversas entidades empresariais do estado, para chamar atenção para o potencial gerador de emprego e renda a partir da criação de um selo que evidencie a origem dos produtos e serviços fluminenses.