Grupo de Negócios Sociais se reúne para traçar planejamento de 2018

Apesar de os negócios sociais estarem cada vez mais presentes no cenário brasileiro, a falta de uma legislação específica vem impactando negativamente o desenvolvimento desse ecossistema.  É sobre esse tema, considerado um dos principais gargalos do setor, que o Grupo de Trabalho (GT) de Negócios Sociais do Fórum se debruçou em seus encontros em 2017. No dia 1º de dezembro, o grupo volta a se reunir às 14h30, no Conselho Regional de Contabilidade (CRCRJ), para sintetizar o que foi debatido durante o ano e montar a agenda de ações para 2018.

Leia mais...

AmCham promove “Conferência de Meio Ambiente e Sustentabilidade” e reconhece boas práticas ambientais

A Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio) realiza, no dia 30/11, às 9h, a “Conferência de Meio Ambiente e Sustentabilidade”, que vai debater o valor econômico do desenvolvimento sustentável para as cidades. Durante o encontro, acontece também a premiação 13ª edição do Prêmio Brasil Ambiental. O evento será realizado no Palácio do Itamaraty, no Centro do Rio.

Leia mais...

Investimentos em tecnologias digitais podem alavancar o setor de óleo e gás

As tecnologias da informação (TI) estão revolucionando o setor de petróleo e gás no Brasil e no mundo. As oportunidades dessa indústria para o estado, o surgimento de novas profissões e como as empresas podem se adaptar à nova realidade estiveram em pauta no Rio em Foco. O programa que aborda o tema será reprisado na próxima segunda (20/11), às 22h, na TV Alerj, no canal 12 da Net.

Leia mais...

Rio sedia festival internacional de novas economias

Um festival para debater inovação, tecnologia e modelos econômicos alternativos, com a missão de inspirar, conectar e co-criar novas economias. Esse é o intuito do Colabor America, que esse ano terá como tema central “Inovar é Regenerar”. O maior festival de novas economias da América Latina será realizado de 23 a 25 de novembro na Zona Portuária.

Leia mais...

Políticas públicas voltadas para prevenção são fortes aliadas da economia e qualidade de vida da população

A adoção de um estilo de vida saudável, com bons hábitos alimentares associados à prática de atividades física, é uma poderosa arma contra inúmeras doenças e deve ser estimulada por meio de políticas públicas. Segundo especialistas, no caso do Brasil, em que o setor saúde é financiado em grande parte por recursos públicos, as medidas preventivas geram também impactos econômicos positivos. A constatação foi feita durante o Seminário "Prevenção, Qualidade de Vida e Sustentabilidade na agenda das políticas públicas", realizado nesta quarta (14/11) no Plenário da Alerj. O evento, organizado pelo Fórum de Desenvolvimento do Rio, em parceria com a Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Câncer, abordou temas como a alimentação saudável e sustentável e a atividade física, além de propostas bem sucedidas no combate ao tabagismo.

Leia mais...

Consumo consciente e políticas agrícolas podem diminuir desperdício de alimentos no estado

Será que tudo o que se joga fora é realmente lixo? Aquela fruta feia ou amassada não poderia alimentar outra pessoa? O Rio em Foco desta segunda-feira (13/11) propõe um debate sobre como evitar que 1,3 bilhão* de toneladas de alimentos produzidos para o consumo humano sejam desperdiçados anualmente em todo o mundo. O programa vai ao ar às 22h, no Canal 12 da NET.

Leia mais...

Alerj realizará seminário sobre prevenção, qualidade de vida e sustentabilidade nas políticas públicas

Disseminar a importância da prevenção e da promoção do bem-estar e da saúde como política pública é o intuito do evento que o Fórum de Desenvolvimento do Rio realiza em parceria com a Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Câncer, liderada pela deputada Ana Paula Rechuan (PMDB). O Seminário "Prevenção, Qualidade de Vida e Sustentabilidade na agenda das políticas públicas" será realizado no dia 14 de novembro, das 10h às 13h, no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. O encontro reunirá atores que militam em áreas da prevenção e das políticas públicas para criar ações propositivas que possam impactar na mudança de cultura. Serão abordados temas como alimentação saudável e sustentável, atividade física, além de apresentar propostas bem sucedidas no combate ao tabagismo.

Leia mais...

Jovem empreendedor brasileiro é microempresário e busca novos segmentos, segundo pesquisa da Conaje

O jovem empreendedor brasileiro é do sexo masculino, tem idade entre 26 e 30 anos, ensino superior completo, é microempresário com apenas uma empresa no nome e faturamento anual entre R$ 60 mil e R$ 360 mil, além de ter a vontade de investir em um novo segmento de negócio. Os dados foram levantados por uma pesquisa realizada, em 2015, pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), em parceria com a Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Leia mais...

Fórum e Uerj lançam Caderno de Cultura do Estado do Rio na Alerj

Como a cultura se manifesta no território fluminense? Para responder a essa pergunta a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), em parceria com o Fórum de Desenvolvimento Estratégico do Estado, produziu o Caderno de Cultura do Estado. Lançado em formato digital nesta quinta (09/11), durante o Seminário "Cultura e desenvolvimento local: o papel dos municípios", no Salão Nobre da Alerj, a publicação identificou como a cultura está estruturada e espacializada nos 92 municípios do Rio.

Leia mais...

Fórum avança na adequação da lei de inovação à realidade do estado

Transformar o Rio de Janeiro em um estado propício para o desenvolvimento e fomento do ambiente de inovação é o intuito da minuta da nova lei estadual de inovação, elaborada pela Secretaria de estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social. Desenvolvida com base no texto sugerido pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), o anteprojeto de lei pretende destravar os mecanismos que impedem a transferência de tecnologia e permitir a parceria entre as universidades e instituições de pesquisa públicas com o setor produtivo. O texto foi apresentado nesta quarta (08/11), durante a reunião da Câmara de Tecnologia, realizada no auditório do Conselho Regional de Contabilidade (CRCRJ). O encontro reuniu os atores do ecossistema de inovação do estado e o subsecretário da pasta, Augusto Raupp.

Leia mais...

Anpei e governo federal lançam o Guia Lei do Bem

 A Lei 11.196/05, conhecida como “Lei do Bem”, cria a concessão de incentivos fiscais às pessoas jurídicas que realizarem pesquisa e desenvolvimento de inovação tecnológica. Para orientar as empresas na utilização da lei, a Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançaram em outubro a primeira edição do Guia Lei do Bem.

Leia mais...

Especificidades da cidade do Rio e seu desafio produtivo são temas de seminário

Debater saídas para que o município do Rio volte a crescer é o intuito do encontro que será realizado nos dias 8 e 9 de novembro, no Clube de Engenharia. O Seminário “As especificidades do Rio de Janeiro e seu desafio produtivo: subsídios para superar o contexto de crise com visão de longo prazo”, organizado pela Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI/PCRJ), tem como objetivo propor ações e políticas públicas que contribuam para enfrentar os efeitos da crise econômica por meio do desenvolvimento do setor produtivo e da geração de emprego e renda.

Leia mais...

Desafios da indústria naval brasileira são tema de debate na COPPE/UFRJ

Castigada nos últimos anos após ter sido considerada símbolo do crescimento do país, a indústria naval agoniza. Segundo o Sindicato da Construção Naval (Sinaval), em junho deste ano, 12 dos 40 estaleiros brasileiros já haviam fechado as portas. O resto operava muito abaixo de sua capacidade, desenvolvida para atender à demanda de um país que seguia em ritmo acelerado até ser paralisado com a demissão de mais de 50 mil trabalhadores.

Leia mais...

ICMBio incentiva voluntariado com foco na conservação da biodiversidade

Engajar a sociedade para que todos possam contribuir para um meio ambiente mais equilibrado e uma melhor qualidade de vida. Para o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), esse objetivo é uma missão, e só pode ser alcançado por meio da ação de voluntários. Como forma de orientar e estimular a adesão, o instituto lançou o “Guia de Voluntários” e o “Guia de Gestão do Programa de Voluntariado ICMBio”.

Leia mais...

Geração distribuída pode criar empregos e baratear custo da energia

Já é possível produzir energia perto de casa e com um custo mais baixo por meio da Geração Distribuída. No Rio em Foco dessa segunda (6/11), o pesquisador sênior do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (GESEL), Roberto Brandão, e o gerente corporativo de regulação técnica e comercial do grupo Energisa, Job Fiqueiredo Alves, falam sobre as oportunidades que a novidade representa para o estado e os impactos na criação de empregos. Os entrevistados explicam, ainda, como funciona essa forma de produção energética.

Leia mais...

Projeto estadual fortalece a cafeicultura fluminense

Programa visa fomentar a produção de cafés especiais

A produção de cafés especiais no Noroeste fluminense, que nas últimas quatro safras cresceu de 10% para 35%, ganhou um incentivo para ampliar ainda mais sua participação na cafeicultura do estado e alavancar a atividade nos municípios de Varre-Sai, Porciúncula e Bom Jesus do Itabapoana, expandindo a oferta de produto de melhor qualidade e com mais retorno financeiro para os produtores. A Secretaria de Agricultura – através do programa Rio Rural, Emater e Pesagro – o Sebrae-RJ e as prefeituras dos municípios envolvidos firmaram um termo de cooperação para o fortalecimento da cadeia produtiva do café na região.

Leia mais...

Paraty é eleita Cidade Criativa pela Unesco

A cidade de Paraty, no Sul fluminense, tornou-se o primeiro município do estado a integrar a Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). O título concedido na categoria gastronomia foi anunciado nesta terça-feira (31/10).

Além de Paraty, outras duas cidades brasileiras entraram na lista esse ano: Brasília, no segmento design, e João Pessoa, nas artes e cultura.

Criada em 2004 para promover a cooperação com e entre as cidades que identificaram a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento urbano sustentável, a rede conta com 180 cidades em 72 países diferentes.

Com mais de 200 anos de experiência e uma grande diversidade cultural na área, com destaque pata as culinárias quilombola, caiçara e indígena, Paraty é a única cidade-membro do país localizada no interior. Também fazem parte da lista Belém (gastronomia), Salvador (música), Santos (cinema), Curitiba (design) e Florianópolis (gastronomia).

Em reunião da Câmara Setorial de Cultura, Turismo e Esportes, realizada dia 29 de junho, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, o então assessor especial de Economia Criativa da Secretaria de Estado de Cultura, Marcos André Carvalho, anunciou a inscrição de Paraty na Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Acesse aqui.

Caderno de Cultura do Estado será lançado na Alerj

Como a cultura se manifesta no território fluminense? Para responder a essa pergunta a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), em parceria com o Fórum de Desenvolvimento do Rio, produziu o Caderno de Cultura do Estado. O estudo aponta as vocações culturais dos 92 municípios do estado e poderá servir de ferramenta no direcionamento e desenvolvimento de políticas públicas para o setor. A publicação será lançada no dia 9 de novembro, às 10h, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), durante o Seminário "Cultura e desenvolvimento local: o papel dos municípios".

Leia mais...

Secretaria vai apresentar minuta da nova lei estadual de inovação no Fórum

Conhecer a minuta da nova lei estadual de inovação é o intuito da reunião da Câmara de Tecnologia que será realizada no dia 8 de novembro, às 10h30, no Conselho Regional de Contabilidade (CRCRJ). A apresentação do anteprojeto ficará a cargo do subsecretário de estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social Augusto Raupp. A reunião foi agendada durante o evento realizado no Parque Tecnológico do Rio, que debateu a importância de atualizar o novo marco legal (Leia a matéria).

Leia mais...

Rio de Impacto vai definir ações de fortalecimento do ecossistema de negócios sociais

O grupo Rio de Impacto, formado por doze instituições capitaneadas pelo Sebrae-RJ, vai finalizar o seu planejamento estratégico em novembro. No dia 22/11, vão ser definidas as próximas ações a serem realizadas em conjunto pelas instituições de apoio aos negócios de impacto no estado. O propósito da iniciativa é criar um ambiente propício no estado do Rio de Janeiro para iniciar ou desenvolver negócios de impacto social e ambiental.

Leia mais...